Quarta-Feira, 21 de Agosto de 2019 Sem sessão iniciada, Iniciar Sessão
Loja Online
     Notícias   |   Produtos   |   Equip. Personalizados   |   Clube SPIUK   |   Download Center   |   Patrocinados SPIUK   |   Onde Comprar   |   Empresa   |   Apoio Cliente
NotíciasNotícias
 Detalhes da notícia
Quinta-Feira, 2 de Dezembro de 2010

Clique para ver em tamanho Real.
Equipa SPIUK
BICICLOWN CUMPRE 6 ANOS NAS ESTRADAS DO MUNDO
SPIUK APOIA ESTE AUTÊNCTICO ESPÍRITO NOMAD SERIES
Faz sexta-feira 6 anos que saí de bicicleta da minha cidade. Nessa altura fui acompanhado por muitos amigos. Hoje alguns deles continuam a viajar comigo pela internet, outros já subiram ao céu. Não tenho tido, este ano, muitos motivos para celebrações e abrir uma garrafa de champanhe. Claro que para celebrar realizámos o sorteio que ainda decorre no qual iremos sortear 6 fotos autografadas por mim e 6 DVD, a quem acerte nos locais em que tirei as fotos que seleccionei (ver www.biciclowneldocumental.com). Até à data há 137 participantes. O prazo acaba dia 5 de Dezembro, pelo que ainda podem participar.

Um dia antes de 19 de Novembro fiz a mina segunda conferência de imprensa na China. Organizada pela Câmara do Comércio e pela Biblioteca de Cervantes de Shanghai. A sala com capacidade para 70 pessoas, estava a abarrotar. Gente de pé, estudantes, empresários, jornalistas chineses, peruanos, chilenos e espanhóis. Um grande público que no final decidiu contribuir para este meu projecto, pagando o bilhete de barco de Shanghai a Osaka (Japão). Um grande gesto de apoio. Muito obrigado a todos

Deixei a casa do Álvaro, em que vivo agora, para ir à conferência. Não saio muito destas quatro paredes. Cada dia tenho a mesma agradável rotina. Escrevo. Há dias em que um parágrafo me leva uma hora e outros em que, simplesmente, não me sai. Escrever é como pintar. As cores estão lá mas a diferença entre manchar a tela ou pintar é uma questão de inspiração.

E se escrever um livro fosse coisa pouca, lançámo-nos a produzir um documentário " o sorriso do nómada ", utilizando uma fórmula nova e pouco conhecida: o Crownfunding que nós adaptámos para Clownfunding. O financiamento do palhaço. Pensámos lançá-lo no dia 14, no Festival Internacional de Palhaços de Cornellá (Barcelona), contactando comigo por Skype. Ao terminar a videoconferência eram 3 da madrugada na China. Nesse mesmo dia, uns espanhóis tinham-me convidado para comer ¡Fabada! e como sobremesa tarte de queijo, trufas de chocolate e moscovitas. Enfim, um banquete. Obrigado Pedro, Carmen e companhia.
O que queremos fazer com o Clownfunding explicamo-lo mais tarde. Pouco a pouco iremos dando mais informação. Não tenho qualquer dúvida de que a vossa participação será massiva.
Esta semana irei visitar uma escola de Shanghai para ver se posso ali fazer o meu espectáculo. Um pouco mais de trabalho para encher os meus dias, já de si, bastante cheios. Devo, ainda, uma visita ao dentista. Todo o mundo parece soprar na direcção correcta e até o sol espreita por entre a poluição e os incêndios.
Quero agradecer a todas as pessoas que me ajudaram em Shanghai. Não é necessários nomeá-los porque muitos deles não querem aparecer e eles já sabem o que penso e sinto.



Espero que as musas me inspirem esta semana. Desde a mesa, Paz e Bem, o biciclown



voltar


 Clube Spiuk - REGISTA-TE!
 
 Torna-te fã no Facebook
 
 CATÁLOGO 2017