Segunda-Feira, 16 de Setembro de 2019 Sem sessão iniciada, Iniciar Sessão
Loja Online
     Notícias   |   Produtos   |   Equip. Personalizados   |   Clube SPIUK   |   Download Center   |   Patrocinados SPIUK   |   Onde Comprar   |   Empresa   |   Apoio Cliente
NotíciasNotícias
 Detalhes da notícia
Domingo, 23 de Maio de 2010

Clique para ver em tamanho Real.
Equipa SPIUK
ENEKO LLANOS GANHA O XIX IRONMAN DE LANZAROTE 2010
O TRIATLETA DA SPIUK VENCE PELO DESEMPENHO NA MARATONA
Os futuros rivais de Eneko Llanos no Hawaii começam a estar nervosos. Apesar do azar hawaiano do ano passado, o triatleta patrocinado pela SPIUK revelou-se imparável em 2010. As suas actuações até ao momento têm sido êxitos. O último foi a sua demonstração de classe e força no Ironman de Lanzarote, no qual Eneko, em 2007, tinha sido elevado aos altares do Olimpo dos " homens de ferro ". Este ano, a sua inequívoca vitória não levou a tanto relevo já que, actualmente, Eneko é uma referência dentro do circuito. No entanto, a sua vitória serve para constatar que Eneko llanos é um dos triatletas de Larga Distância mais em forma do mundo, e um sério candidato a ganhar o Ironman do Hawaii.

A prova de Eneko Llanos em Lanzarote foi inatacável. Começou bem a prova, já que se incluiu no grupo de 5 que liderava a prova ao sair da água: Bayliss, o primeiro a sair, Eneko, Twelsiek, Graves e Jammaer logo atrás. No segmento em bicicleta, pôde-se observar uma prova pouco habitual na dura Lanzarote, já que pela primeira vez nas suas 18 edições, o vento não esteve presente. Talvez por isso, os atletas que integravam a cabeça da corrida impuseram um ritmo elevadíssimo.

O alemão Twelsiek e o britânico Graves à frente, Eneko Llanos a seguir, regulando o seu esforço, à espera do decisivo e final segmento a pé. A jogada saiu na perfeição a Eneko. Ao km 160, o alemão continuava em primeiro, mas a sua vantagem aumentava já que Graves entraria na T2 totalmente recuperado, enquanto que Jammaer entrava na boxes 2º, a 11 m e Eneko fá-lo-ia em terceira lugar a 13 minutos de Twelsiek, que tinha batido o record da prova em bicicleta. O segmento ciclista teve um handicap para Eneko, já que perdeu o seu bidon de alimento a poucos kms

A maratona, decisiva

A táctica de Eneko deveria permitir-lhe recuperar tempo em relação aos seus rivais.
E assim foi, já que Twelsiek baixou o ritmo durante os 42 kilómetros da maratona, o que lhe fez perder 2 postos. Eneko Llanos superou-o até ao kilómetro 21 e tomava, deste modo, a liderança da prova, que conseguiu manter até terminar com a vitória. Tal não aconteceu sem sofrimento, já que atrás também Jammaer chegava muito forte. Eneko afirmou: " Sofri muitíssimo, sobretudo na bicicleta. O ritmo que impuserams foi altíssimo. Eu preferi reservar algumas forças para a corrida, já que sabia que tentar apanhá-los era um esforço que podia pagar caro. Estou muito contente pelo resultado, que confirma as minhas expectativas ".


Classificação masculina
1 Eneko Llanos ESP PRO 1 00:47:49 02:44 3 04:53:26 03:25 2 02:50:21 08:37:43
2 Bert Jammaer BEL PRO 2 00:47:52 02:22 2 04:51:23 03:14 5 02:54:48 08:39:36
3 Maik Twelsiek GER PRO 3 00:47:53 02:47 1 04:40:58 03:18 19 03:07:58 08:42:53
4 Schellens Gerrit BEL PRO 29 00:52:45 03:33 17 05:09:13 04:02 1 02:47:28 08:56:59
5 Tuukka Miettinen FIN PRO 24 00:52:38 03:14 5 04:55:54 04:04 10 03:01:29 08:57:17


voltar


 Clube Spiuk - REGISTA-TE!
 
 Torna-te fã no Facebook
 
 CATÁLOGO 2017