Terça-Feira, 11 de Dezembro de 2018 Sem sessão iniciada, Iniciar Sessão
Loja Online
     Notícias   |   Produtos   |   Equip. Personalizados   |   Clube SPIUK   |   Download Center   |   Patrocinados SPIUK   |   Onde Comprar   |   Empresa   |   Apoio Cliente
NotíciasNotícias
 Detalhes da notícia
Quarta-Feira, 11 de Fevereiro de 2009

Clique para ver em tamanho Real.
Equipa SPIUK
O DEBUTANTE RAÑA TEVE AZAR E NÃO PÔDE AINDA COMEÇAR NO CICLISMO
SOFREU UMA SUBLUXAÇÃO NA CLAVÍCULA
Ivan Raña estava há meses à espera deste dia. O ex-campeão do mundo de triatlo (2002) e da Europa (2002 e 2003), iniciava-se como ciclista profissional na primeira etapa da de Vuelta a Maiorca, mas a sua estreia foi bastante pior do que se esperava.
Com 91 kms já percorridos e somente 25 para percorrer, teve uma queda e teve que ser evacuado de ambulância.
Cinco horas depois, saía do hospital Son Llatzer. O médico José Manuel Bastida do hospital Xacobeo-Galicia, informou que o atleta tinha sofrido uma subluxação acromio-clavicular na clavícula direita. Podia ter sido pior já que estavam à espera de uma fractura. As radiografias descartaram essa hipótese mas, de qualquer modo, o atleta terá que regressar a sua casa em Ordes na Coruña, esperar uma semana em repouso e outra de convalescença antes de poder voltar aos treinos na estrada. Deste modo, Iván irá perder a Vuelta a Maiorca e a Vuelta a Andalucía. O atleta pensa poder entrar na Vuelta a Murcia que ira ter lugar entre 4 e 8 de Março.
Iván Raña aceitou esta contrariedade com a sua típica calma afirmando:
- Encontro-me muito aborrecido, não é normal que caia logo no primeiro dia, mas é o que tenho, tocou-me a mim. Não consegui evitar a queda. Estava contente porque a prova me estava a correr bem, não me custava manter o ritmo nesta primeira etapa e já estava a pensar nas próximas. Mas o ciclismo tem destas coisas.


voltar


 Clube Spiuk - REGISTA-TE!
 
 Torna-te fã no Facebook
 
 CATÁLOGO 2017